A Jornada do Herói

Normalmente, as estórias possuem uma estrutura clássica de narrativa, com alguns elementos que são comuns, independente do enredo. Clar...


Normalmente, as estórias possuem uma estrutura clássica de narrativa, com alguns elementos que são comuns, independente do enredo. Claro que, em alguns casos, há algumas modificações, que o escritor pode ter feito conscientemente ou não, mas de forma geral, o Herói de uma estória tem mais ou menos a mesma jornada.


1. O Chamado

A jornada do Herói começa com um chamado de aventura, onde ele é convidado a enfrentar o desconhecido para poder ganhar algo maior. O chamado também lhe oferece a chance de crescer (fisicamente, espiritualmente, emocionalmente, etc) e ele pode ouvi-lo por livre e espontânea vontade ou relutantemente. Exemplo: a Dorothy, em "O Mágico de Oz", que, contra sua vontade, vai embora do seu familiar rancho em Kansas por causa de um tornado. Outro exemplo é Frodo que, voluntariamente, sai do Condado para levar o anel a Mordor.

2. A Transição

O Herói, então, percebe o que está deixando para trás e que está entrando no terreno do desconhecido. É neste momento que o Herói encontra obstáculos do mundo conhecido, pessoas e situações querendo convencê-lo de que lá fora é muito arriscado e ele não deve ir.  Ou, ainda, o próprio Herói começa a se questionar e duvidar de sua capacidade de enfrentar o desconhecido ou, até mesmo, se recusa a ir. Exemplo: quando Harry Potter não acredita que será um bom bruxo e fica resistente ao convite de Hagrid. 




3. Os Desafios

Esta etapa da jornada é quando vemos o Herói lutando para aperfeiçoar-se diante dos desafios e dos novos problemas que se apresentam a ele. Pode vir como uma cena de treino, onde o Herói não consegue dominar uma habilidade ou um poder, ou quando o Herói precisa superar uma tentação para seguir em frente. O desafio, geralmente, vai no ponto fraco dele e ele precisa lutar com seus próprios fantasmas antes de seguir em frente na jornada. Exemplo: quando o Charlie, em "As Vantagens de Ser Invisível", vai à festa com Sam e Patrick e precisa superar suas dificuldades de socialização e acaba comendo o brownie "batizado" de maconha.

4. O Abismo

O abismo é quando o Herói enfrenta o maior desafio de todos, aquele que está diretamente relacionando ao que ele vai ganhar ao fim de sua jornada. Também é o momento que ele ficará diante de seu maior medo e precisará provar sua coragem e valor, mesmo que sinta-se inseguro e despreparado. Ele vai colocar em prática o que aprendeu na etapa anterior, do Desafio. Exemplo: quando Luke Skywalker, em "Star Wars", invade a Estrela da Morte para salvar a Princesa Léia.



5. A Tranformação e 6. O Insight

Este é o momento da jornada em que o Herói incorpora as mudanças e os aperfeiçoamentos que sofreu na fase anterior, do Abismo. Ele vê a si mesmo como uma versão melhorada do que era antes e abraça o novo status das coisas. Em outras palavras, o herói renasce. 
Consequentemente, vem a próxima etapa da jornada: o insight. Quando o Herói se transforma, ele também compreende sua missão em um nível mais profundo e mais completo, e começa a entender o que deve fazer e como. Exemplo: quando Bruce Wayne finalmente entende que é o Batman e resolve salvar Gothan City, assumindo seu papel e sua responsabilidade na missão.

7. A Reparação

Então, finalmente, o Herói vai lá e faz. É o clímax da estória. A reparação tem como objetivo não só que o Herói supere seus medos e fracassos como, também, é quando ele cumpre sua missão, seja ela qual for. É a sensação de trabalho bem feito e dever cumprido. A reparação pode ser, além disso, a restituição de um relacionamento com a mãe, o pai, e assim por diante. Exemplo: quando a Imperatriz Furiosa liberta o povo da opressão de Immortan Joe em "Mad Max: Estrada da Fúria".
PS.: Diva absoluta!





8. O Retorno

É o fimda estória, quando o herói retorna ao ponto inicial de sua jornada. O retorno pontua como o Herói se desenvolveu e se transformou ao longo dos acontecimentos, assim como mostra que sua essência permanece a mesma, vinculando-o ao passado de uma forma agradável e construtiva. Exemplos: quando a Alice em "Alice no País das Maravilhas" volta ao mundo real e não sabe se estava acordada ou sonhando; quando Frodo volta ao Condado depois da saga do anel; quando Harry Potter retorna, ao final de cada livro, à casa de seus tios troxas; e assim por diante.

Para quem se interessou pela tema, procure por Joseph Campbell, o melhor teórico sobre o tema A Jornada dos Heróis.

Quer mais sobre o assunto? Leia também sobre Os Sete Tipos de Heróis.

Posts Relacionados

Comente com o Facebook

1 comentários

  1. Só vim comentar uma coisa: Charlie <3 (Estou me sentindo tão Charlie ultimamente que não sei o que fazer da vida).
    Mentira, vim comentar também que já tinha ouvido falar sobre isso - realmente, não sei onde -, mas achei muito legal você apresentar cada passo e exemplificá-los com um personagem diferente! :D

    Saudade daqui! <3 Desculpe o sumiço, tava em época de final de semestre. Mas agora estou - quase - livre!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir