Galeria de Fotos #5 | EuroTrip: Berlim, Alemanha

Normalmente, o Perplexidade e Silêncio é sobre Literatura, mas desta vez quis escrever sobre algo diferente. Já viajei para a Europa alguma...

Normalmente, o Perplexidade e Silêncio é sobre Literatura, mas desta vez quis escrever sobre algo diferente. Já viajei para a Europa algumas vezes, mas nunca fiz um registro digno das viagens e, hoje, me arrependo disso. Logo, aqui vão os primeiros registros da minha EuroTrip deste ano, começando pela Alemanha, em Berlim.






Quando acordamos em nosso primeiro dia em Berlim, tivemos a agradável surpresa de ver que tudo estava coberto de neve. Não esperávamos que fosse nevar tão cedo em nossa viagem e ficamos muito felizes. Visitamos os principais pontos turísticos e o Tiergarten, o parque principal de Berlim, estava todo branco - foi lindo, muito poético e melancólico, combinando com o espírito da cidade depois da guerra. Inclusive, um coelho cinza apareceu no parque e tentamos segui-lo (Alice feelings) mas ele sumiu em meio à neve, infelizmente.








Outros dois lugares que foram marcantes em Berlim são o Memorial do Muro de Berlim e o parque Schloss Charlottenburg. O Memorial preserva o muro original, explica como era a divisão na época da Guerra e está (quase) exatamente do mesmo jeito que era na época. É emocionante ler os relatos das pessoas que presenciaram a construção do muro bem no meio de sua rua. E o Schloss Charlottenburg é um parque incrível, no estilo francês, que foi destruído na guerra e reconstruído posteriormente, preservando todas as características originais. De novo, neste dia estava nevando e o parque era só nosso, todo coberto em neve e silêncio.

Berlim me fez refletir sobre o esquecimento. Lá, eles não esquecem nem por um minuto todo o sofrimento e todo o horror da guerra, A princípio, pensei que era uma dificuldade de superação daquele povo mas, depois de refletir um pouco, percebi que falar sobre as feridas do passado é um jeito de nos lembrarmos do que não devemos fazer e das lições que precisam ser aprendidas, de modo que aquele sofrimento não se repita no futuro. Acho que é o jeito de Berlim dizer para o mundo que o horror da guerra não pode ser esquecido, para que não se repita.

Outros posts sobre a viagem podem ser lidos aqui.

Posts Relacionados

Comente com o Facebook

3 comentários

  1. Oi, Ruh!

    Meu sonho de aventureira é fazer uma EuroTrip! Deve isso muito ao fato de ter lido Harry Potter. A Inglaterra, com certeza, é o lugar que mais quero conhecer. Em segundo, por causa da Anne Frank, gostaria de ir visitar Amsterdã. E, por fim, a França - mas não quero ir para a área urbana. Adoro imagens bucólicas e tenho uma verdadeira paixão por conhecer lugares assim. Gostaria muito de conhecer a Rússia e a Grécia, também! *-*

    Mas, agora que já falei de mim, vamos falar da sua linda viagem. Estou encantada com as fotos! <3 A mais linda, com certeza, é a do memorial do muro de Berlim! Sonho em conhecer a neve, deve ser uma sensação incrível! Que bom que pôde conhecer todos esses pontos turísticos e conseguir registrar momentos! Com certeza, estar em terras estrangeiras é muito poético.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Amei o que você escreveu!
    Lindo!, faz bastante sentido! A sensação que tive foi a mesma!!! E agora você falando fica mais claro também!

    Saudades! Bem-vinda!

    ResponderExcluir
  3. Esse sentimento de lembrança x fardo que você notou me lembou a reflexão inicial do filme "A Onda".

    Fotos pinterestianas e saudades de correr pelos jardins do Palácio de Charlottenburg em treinamento com o Dmitri <3
    =P

    ResponderExcluir