Top 5 | Cinco livros baseados em teorias da conspiração

Acho que todo mundo já ouviu falar sobre teorias da conspiração. Elas existem sobre os mais diversos assuntos, de política a extraterres...


Acho que todo mundo já ouviu falar sobre teorias da conspiração. Elas existem sobre os mais diversos assuntos, de política a extraterrestres e, embora algumas tenham uma certa relevância, grande parte delas é um tanto quanto absurda. Este tema já apareceu em séries e filmes e, claro, na Literatura também teve seu espaço. Assim, este post fala sobre cinco livros que tratam de teorias da conspiração.

O Código da Vinci, de Dan Brown

Nesta obra de Dan Brown, grande parte das teorias da conspiração são bíblicas. Ou seja, a premissa é de que os acontecimentos narrados na Bíblia foram manipulados por governantes, através dos séculos, para suprimir alguma informação importante porém comprometedora ou para acobertar algum segredo de Estado. No caso de O Código da Vinci, uma das teorias da conspiração bíblicas exploradas é o fato de Jesus ter sido casado e ter tido um filho. Além disso, os descendentes de Jesus teriam sido exterminados pelo Priorado de Sião, uma sociedade secreta francesa fundada em 1956. Há fatos que demonstram a real existência desta sociedade, porém, não se confirma a existência dos descendentes de Jesus, tampouco as tentativas de extermínio dos mesmos por esta sociedade. De qualquer forma, o livro de Dan Brown conta todas as vertentes desta teoria, as verídicas e as ficcionais, transformando-as no enredo da sua obra,

11.22.63, de Stephen King

Conhecido pelas obras de terror e suspense, este livro de Stephen King - que em algumas edições chama-se Novembro de 1963 - fala sobre o assassinato de John F. Kennedy, 35º presidente dos EUA, que foi assassinado na data mencionada no título da obra. Até hoje, existem inúmeras especulações sobre sua morte e, aqui, Stephen King misturou dados verídicos com ficção, viagens no tempo e teorias da conspiração sobre o caso. Uma delas propõe que o assassinato foi encomendado pelo próprio FBI. Outra teoria diz que havia um segundo atirador além de Lee Harvey Oswald, acusado pelo assassinato de Kennedy, e que este segundo atirador era russo ou da CIA e, por isso, nunca foi comprovada sua existência. Nas viagens do tempo do livro, King explora todas estas possibilidades.


Legado dos Templários, de Steve Berry

Os Templários são uma ordem religiosa que nasceu na época medieval e, até hoje, a ordem é tema de filmes, séries e livros. Steve Berry explora uma das inúmeras teorias da conspiração sobre os Templários, que diz que não só a ordem espalhou uma série de tesouros pelo planeta (tesouros estes que guardam riqueza, conhecimento e informações secretas), como também que a ordem sabe o que realmente aconteceu na ressurreição de Cristo. Na estória do livro, Berry introduz as figuras de agentes secretos e acadêmicos, em um estilo muito parecido aos dos livros de Dan Brown, com mistérios a serem resolvidos.



O Símbolo Perdido, de Dan Brown

Neste livro, Dan Brown se aprofunda nas teorias da conspiração maçônicas. A Maçonaria existe desde 1700 e, atualmente, já não é uma sociedade secreta, e sim, discreta. Esta sociedade prega a busca pelo conhecimento e o aperfeiçoamento intelectual e, ao longo dos anos, inspirou as mais variadas teorias conspiratórias e diz-se que ela abriga os homens mais poderosos do mundo e da História e que foi responsável pelo Nazismo e pela Independência Americana. No livro, Dan Brown explora uma das teorias de que George Washington, um dos "fundadores" dos EUA era macônico e que seus atos eram validados e aprovados pela Maçonaria.


A Conspiração, de Clive Cussler

Cussler acomodou diversas teorias da conspiração religiosas diferentes em uma única trama, desde ataques terroristas islâmicos à situações envolvendo a Igreja Católica. Um engenheiro naval, chamado Dick, encontra alguns artefatos misteriosos no fundo do oceano e tanto a CIA quanto o Mossad (o serviço secreto de Israel) querem impedí-lo de descobrir a verdade sobre estes artefatos. Em paralelo, alguns ícones da religião islâmica são destruídos e um pergaminho sobre a vida íntima de Jesus Cristo é descoberto, e Dick acredita que tudo esteja interligado. Alguns destes eventos realmente aconteceram e as teorias da conspiração em torno dos eventos torna o enredo interessante.

E você, conhece mais algum livro que fale de teorias da conspiração? Deixe aí nos comentários que vou adorar saber. (:

Posts Relacionados

Comente com o Facebook

0 comentários