Top 5 | Meus cinco livros preferidos do Neil Gaiman

Neil Gaiman é um dos autores de Fantasia mais populares e queridos de nossa geração e isso não é à toa, pois sua mente comporta uma cri...


Neil Gaiman é um dos autores de Fantasia mais populares e queridos de nossa geração e isso não é à toa, pois sua mente comporta uma criatividade e uma originalidade incríveis. Por isso, resolvi separar meus cinco livros preferidos da autoria de Gaiman no TOP 5 deste mês.

Sandman (1989)

Embora "Sandman" não seja um livro, e sim, uma HQ, seria uma heresia não mencionar esta obra como uma das minhas preferidas de Gaiman. Foi através da HQ que conheci o autor e, até hoje, acho que Gaiman não conseguiu escrever algo que a supere em termos de criatividade, poesia e profundidade.
O protagonista da estória é Sonho (Sandman), um dos Sete Perpétuos: Destino, Morte, Desejo, Desespero e Delírio e Destruição. Gaiman criou uma versão antropomórfica (ou seja, humanizada) para cada um dos Sete Perpétuos, o que rapidamente consolidou-se como uma de suas principais características.
Sandman é capturado e, com isso, as pessoas não sonham mais quando dormem, provocando rupturas na realidade e pesadelos insuportáveis. Enquanto está preso por 70 anos, Sandman tenta compreender o que precisa fazer para ser solto, e começa a relembrar o passado da Humanidade. Ao longo da HQ, Sandman torna-se menos amargo e frio e, ao lado da incrível companhia de sua irmã Morte, aprende muito sobre o homem e a vida.
É uma série de fantasia muito profunda, que traz trechos lindos de filosofia e poesia e que são transformadores. Vale a pena ler os sete volumes da HQ.

Deuses Americanos (2001)

Neste livro, Neil Gaiman traz sua visão antropomórfica de vários deuses e elementos da mitologia de vários países. A premissa da estória é que os deuses somente existem enquanto houver alguém que acredite neles. Quando as pessoas param de acreditar em um deus, ele fica perdido pela Terra, perambulando no undeground da sociedade. Ao mesmo tempo, os novos deuses - drogas, tecnologia, celebridades - ganham terreno no mundo moderno.
O protagonista do livro é Shadow, um ex-presidiário que, sem família e sem emprego, aceita trabalhar de guarda-costas para o desconhecido Wednesday. Em troca pelo emprego, Wednesday pede que Shadow mantenha sigilo de tudo o que ver e ouvir em seu novo trabalho que, basicamente, consiste em uma road trip pelos Estados Unidos. Aos poucos, o leitor percebe que Wednesday é um Deus - não direi qual para não dar spoilers - e está tentando reunir os deuses esquecidos da era moderna.
Fiz uma resenha mais completa sobre este livro que pode ser vista aqui.

Belas Maldições (1990)

Este livro, Gaiman concebeu em conjunto com o excelente escritor de fantasia Terry Pratchett. Trata-se de uma sátira/comédia no nascimento do filho do Diabo, que prenuncia o Apocalipse.
O anjo Aziraphale e o demônio Crowley (a serpente que tentou Adão e Eva) não querem que o Apocalipse chegue, pois ambos estão confortáveis e acostumados com a dualidade Bem versus Mal e não desejam mudanças. Eles decidem trabalhar juntos para aniquilar o filho do Diabo e, assim, manter as coisas como são.
Porém, um erro da maternidade faz Aziraphale e Crowley acharem que o filho do Diabo é, na realidade, uma criança comum, enquanto o real filho do Diabo vai parar em uma família tradicional e conservadora da Inglaterra. Ele é batizado de Adam Young pela família.
Adam, aos poucos, percebe que tem superpoderes e organiza uma gangue infantil para liderar o Apocalipse.
Para ler a resenha completa deste livro, clique aqui.

Lugar Nenhum (1996)

Neste livro, Gaiman criou o universo de Londres de Cima e Londres Debaixo. A Londres de Cima é a cidade que todos conhecem e vivem, enquanto a Londres Debaixo é uma realidade subterrânea e paralela, onde vivem seres mágicos e se desenrolam eventos fantásticos. A Londres de Baixo é acessível pelos metrôs da Londres de Cima.
Richard Mayhew, o protagonista, é um escocês que se muda, a trabalho, para Londres, onde namora Jessica. Richard leva uma vida pacata e monótona, até que encontra uma garotinha machucada no meio da rua e resolve ajudá-la. A garotinha chama-se Door e mora na Londres Debaixo, para onde leva Richard.
Richard se afeiçoa à garota e se envolve na fuga dela de dois assassinos, Croup e Vandemar. Aos poucos, Richard vai entendendo como funciona a Londres Debaixo e porquê ali é muito melhor que a Londres de Cima.
Para ver a resenha completa deste livro, clique aqui.

Os Filhos de Anansi (2005)

Charles "Fat Charlie" Nancy cresceu constrangido pelo pai, Sr. Nancy, que não perdi as oportunidades de expôr as fraquezas e defeitos de seu filho para os outros. Assim, quando Fat Charlie recebe a notícia da morte de seu pai, ele fica comovido, triste e aliviado, ao mesmo tempo, e decide comparecer ao funeral, que será na Flórida.
Fat Charlie viaja da Inglaterra para os Estados Unidos e, lá chegando, reencontra quatro senhoras que eram amigas de seu pai e que costumavam cuidar dele quando ele era criança. 
Lá, através da Sra. Callyanne Higler, Fat Charlie descobre que tem um irmão, Spider, e que este pode ser contatado através das aranhas. Ele também descobre que seu pai, na realidade, é Anansi, o Deus Aranha contador de histórias.
Quando Spider aparece na vida de Fat Charlie, tudo fica de ponta-cabeça.
Para ver a resenha completa deste livro, clique aqui.

E você, quais são seus livros preferidos do Neil Gaiman?

Posts Relacionados

Comente com o Facebook

1 comentários

  1. Adorei!!! Tudo devidamente anotado da lista de leituras da vida!

    Bjkssssss

    ResponderExcluir