Já Li #34 - Quando Cair o Verão & Outras Histórias, de Amelia Williams (+ Doctor Who)

Ah, Doctor Who ! Está aí uma fandom da qual, orgulhosamente, faço parte. Desde criança, sou fascinada por estórias de viagem no tempo e ...


Ah, Doctor Who! Está aí uma fandom da qual, orgulhosamente, faço parte. Desde criança, sou fascinada por estórias de viagem no tempo e por questões ligadas ao Universo e ao funcionamento das coisas e, assim, ser fã de Doctor Who foi só um movimento natural. Ao longo do post, separei fotos de alguns dos meus ítens da coleção de Doctor Who e resolvi falar um pouco sobre o livro "Quando Cair o Verão & Outras Histórias".

"Quando Cair o Verão & Outras Histórias" é uma coletânea de três contos inspirados em episódios da 7ª temporada de Doctor Who, coletânea esta que foi lançada em 2013 como comeração aos 50 anos de existência da série. Amelia Williams, a escritora dos contos, criou : Quando cair o verão, O Beijo do anjo e O demônio na fumaça. Nos contos, ao contrário do que muitos imaginam, as personagens centrais não são o Doctor. De fato, ele não aparece no enredo de forma direta e só quem é um verdadeiro Whovian entende quem é o Doctor na narrativa, pois ele é sempre uma figura coadjuvante e meio escondida.





















Quando cair o verão

Este conto foi inspirado no episódio chamado The Bells of Saint John (S07E06). Neste episódio, o 11º Doctor (Matt Smith) está em busca de sua acompanhante, Clara (Jenna-Louise Colleman), mas encontra a terceira versão temporal dela na Londres atual, enquanto suas duas outras versões morreram sem que o Doctor pudesse salvá-las. 
No conto, a protagonista é Kate que, de férias na cidade litorânea de Watchcombe, descobre uma pintura chamada O Senhor do Inverno, que a leva para uma aventura. Ela começa a descobrir pistas sobre o quadro e estas pistas a levam para um mundo alternativo onde um Inverno sem precedentes irá destruir todas as dimensões, incluindo a dela.
Confesso que tive dificuldades de entender como Amelia Williams usou os elementos do episódio para escrever o conto, pois eles não me soaram similares. Mas, independente disso, o conto é ótimo e a ameaça do Inverno é realmente assustadora.

O Beijo do anjo
Este conto foi inspirado no episódio The Angels Take Manhattan (S07E05). Nele, o 11º Doctor leva seus dois outros acompanhantes, Amy Pond (Karen Gillian) e Rory Williams (Arthur Davill) para o Central Park. É um dos raríssimos episódios de Doctor Who que não é baseado no Reino Unido. Lá, os anjos enviam Rory de volta para a década de 30, onde ele encontra a melhor personagem feminina de todos os tempos, River Song (Alex Kingston). Nas linhas temporais cruzadas, River será a filha de Rory, mas eles ainda não sabem disso. Este é o último episódio de Rory e Amy na série e é muito dramático/choroso/emocional para quem acompanhou.
No conto, Melody Malone é uma detetive particular extremamente charmosa e eficiente. De um jeito subentendido, a escritora nos faz perceber que Melody é, na realidade, River Song, contando como eram seus dias antes de ela reencontrar o Doctor, seu verdadeiro e grande amor. É o meu conto favorito do livro, pois tem uma série de pistas sobre a série.

O demônio na fumaça
Este conto foi inspirado no especial de Natal The Snowmen, que foi ao ar antes do início da 7ª temporada. Doctor Who é conhecido também pelos seus especiais de Natal, com episódios com mais de 1h de duração, super produzidos e com uma estória adjacente à da série. Neste, o 11º Doctor está na Era Vitoriana investigando bonecos de neve que constróem a si mesmos e matam as pessoas. Sua acompanhante Clara é apresentada aos expectadores, bem como a nova TARDIS.
No conto, dois garotos estão cansados de limpar a neve das áreas externas do orfanato onde moram e decidem construir bonecos de neve. Porém, o boneco de neve, quando concluído, começa a sangrar e Harry, um dos garotos, decide descobrir o por quê.


Se você gosta de ficção-científica e aventura mas nunca assistiu Doctor Who, não sabe o que está perdendo. E se você já é um Whovian, deixe aí um comentário que vou adorar debater o assunto (e você deve ter notado que gosto do 10º Doctor, certo?!).

PS.: a escritora se chama Amelia Williams, assim como a Amy Pond quando se casa com o Rory. E o marido da escritora se chama - adivinhe - Rory Williams. Alguém sabe me dizer se isso tudo é uma coincidência bizarríssima ou é proposital?

Posts Relacionados

Comente com o Facebook

0 comentários