29 Descobertas em 29 Anos

Foto por Tina Sosna Alguns quilômetros percorridos, e estou no beiral da porta de uma nova época. Finalizando um ciclo, o ciclo do...


Foto por Tina Sosna


Alguns quilômetros percorridos, e estou no beiral da porta de uma nova época. Finalizando um ciclo, o ciclo dos Vinte e Poucos, guardo na minha mala de viagem - sempre pronta - algumas descobertas recolhidas ao longo do percurso. Descobri que:

1. O silêncio é meu refúgio, meu esconderijo e a janela para o meu mundo.
2. Tal silêncio só merece ser quebrado com aqueles que sabem escutar sua melodia.
3. Não há nada de errado em ser silenciosa: o mundo que está perdido em meio a tanto barulho.
4. Dizer "não" limpa a alma.
5. Dizer "sim" também.
6. Meu pedaço de criança nunca irá morrer, e tenho orgulho disso - ser adulto é entediante.
7. A minha imaginação é minha força.
8. Minha melancolia, então, o que me sustenta e me mantém viva.
9. A felicidade aparece em pequenos botões de rosa, folhas amareladas e noites de chuva forte.
10. Mas um café e um bom livro também podem preencher espaços onde a felicidade ainda não chegou.
11. Solidão demais, dói.
12. Solidão de menos, asfixia.
13. Serei eternamente inquieta e insatisfeita: há muito no mundo para ser visto e vivido.
14. O amor, às vezes, pode não ser eterno como cantam as canções.
15. E carregar um coração quebrado tem o peso de mil fracassos e duas mil culpas.
16. Mas o desamor também termina e, depois de um tempo, o sol sempre brilha.
17. Um coração remendado tem a beleza de oceanos profundos e misteriosos.
18. E um coração que re-aprende a amar tem mais força que um vulcão.
19. A época em que eu me desculpava por ser quem eu sou está morta, num passado distante.
20. Meus pés, hoje, tem convicção do que querem e para onde vão.
21. Já estive perdida, e foi triste.
22. Também já estive perdida, e achei excelente.
23. O tempo não cura nada: quem cura somos nós mesmos.
24. Meu universo é restrito, específico e de difícil acesso - não tente invadí-lo.
25. Mas, se eu abrir a porta, entre e fique por perto, pois é um passo enorme para mim.
26. Passo este que nem sempre tenho vontade de dar - e está tudo bem.
27. Busco na solidão a fonte do que me recarrega.
28. Busco nas pessoas a fonte do amor.
29. E busco no meu caminho a fonte de todas as coisas e da vida.

É o retorno de Saturno.

Posts Relacionados

Comente com o Facebook

2 comentários

  1. Sem palavras... Magnificamente profundo...

    ResponderExcluir
  2. Q seja pleno esse retorno de saturno. Q esse pequeno maléfico traga essa sabedoria que transborda por essa lista.
    Te amo muito e fico cada dia mais feliz por ver esses seus passos em direção ao sol e a aceitação.
    bjs

    ResponderExcluir