{desafio das cartas} 3/12 Uma carta para mim, no futuro

A idéia do Desafio das Cartas veio do  Paperia , e consiste em escrever uma carta por mês, durante um ano, a pessoas importantes da sua v...


A idéia do Desafio das Cartas veio do Paperia, e consiste em escrever uma carta por mês, durante um ano, a pessoas importantes da sua vida. Lá no Paperia, as cartas são escritas à mão e enviadas pelo Correio (idéia linda!) e eles sugerem o tema de cada mês. Aqui, serão posts e escolhi outros temas, com a identidade do Perplexidade e Silêncio. 

3/12 Uma carta para mim, no futuro



Você, aí no futuro, ainda deve ter aversão às formalidades sociais, mas, se eu pudesse apostar, imagino que leria esta carta à noite, antes de dormir, com um café quente por perto. Sendo assim:

Boa noite,

Acredito que as partes principais do que nos compõem você manteve - a sua/minha teimosia irão garantir que as pessoas tomem cuidado antes de tentarem invadi-la. 

Acredito, também, que você deve ter passado por mais uma ou duas grandes rupturas - alguma provocada pelo mundo, mas, com certeza, alguma outra motivada por este tédio chatinho que sentimos no fundo da alma. Espero que a tragédia que tenha sido trazida pelo mundo, tenha feito você mais poética, e a tragédia que você mesma criou, tenha sido uma escolha sábia.

Se o amor a partiu em dois, não irei dizer "lamento muito". Prefiro recorrer àquela força que brota de dentro da escuridão e da dor, revolvendo tudo por dentro e transformando a apatia em uma sede venenosa de luta. Você fica linda machucada e vitoriosa, ao fim da batalha. Carregue seu estandarte, mesmo que ferida, mesmo que rasgada, porque a essa altura você já deve ter notado que a vida é assim mesmo.

Mas se o amor, aos poucos, a tornou inteira. também não irei dizer "parabéns". Prefiro transmitir à você a serenidade da conquista, o descanso merecido, o retorno de Saturno. Não, façamos melhor: se um dia eu e você nos encontrarmos nesta situação, daremos as mãos e andaremos pelo meio de um campo de trigo, de centeio, de algo elementar e primordial. Ou veremos estrelas? Não sei, mas podemos ir pensando sobre o assunto, enquanto este dia não chega.

Acredito, acima de tudo, que você é uma pessoa melhor do que eu. 

Não sei as dores que você percorreu até aí, assim como talvez tenha vivido felicidades que não sou capaz de imaginar hoje, mas independente de umas ou de outras: eu acredito, acima de tudo, que você é uma pessoa melhor do que eu.

Você sabe que não sou boa com despedidas. Então: até logo.

Acompanhe o {desafio das cartas} aqui.

Posts Relacionados

Comente com o Facebook

0 comentários