Sugestão de Leitura | Série Firebird, vol 1: Mil Pedaços de Você, de Claudia Gray

A contracapa do livro prometia uma mistura incrível de romance, aventura e ficção-científica. Será que  "Mil Pedaços de Você" ...


A contracapa do livro prometia uma mistura incrível de romance, aventura e ficção-científica. Será que "Mil Pedaços de Você" cumpriu a promessa?

"Mil Pedaços de Você" é o primeiro livro da trilogia Firebird, escrito por Claudia Grey. Me interessei pelo trabalho dela pois ela escreve spin-offs de Star Wars.
Firebird é o nome de um dispositivo que permite viagens entre as dimensões. Se você não está familiarizado com a teoria dos universos paralelos, explico: há uma teoria da Física Quântica - adoro! - que diz que "tudo que pode acontecer, aconteceu". Isso significa que, nesta teoria, existem uma série de universos onde todas as possibilidades e variações das nossas vidas estão existindo em paralelo à esta dimensão na qual estamos. Ou seja, em alguma dimensão por aí, estudei Letras em vez de Psicologia, ou meus pais continuam casados, e assim por diante. Incrível, não?! 

"Mil Pedaços de Você" narra a estória de Margarite Caine, filha dos dois físicos que inventaram o Firebird. O livro começa com Margarite e um dos assistentes de seus pais, Theo, perseguindo Paul Markov. Paul, o segundo assistente, supostamente matou seu pai e pulou para outra dimensão. Margarite e Theo, então, começam a segui-lo por várias dimensões, com o objetivo de descobrir o que realmente aconteceu.

A trama se complica quando Margarite se depara com as outras versões de si mesma. Em cada dimensão por onde passa, ela consegue identificar que a sua essência permanece inalterada, mas ela tem dificuldades em lidar com as variações de sua vida: em uma delas, ela é orfã e mora com a tia, em uma vida fútil e vazia; em outra, ela é filha de um czar russo, tem mais três irmãos e seu pai (da dimensão atual) é seu professor de francês. Margarite fica ainda mais confusa quando percebe que em todas as dimensões ela é apaixonada por Paul, mesmo com a suspeita de sua traição.

Claudia Gray estruturou de forma muito satisfatória a teoria por trás do Firebird. As explicações são razoáveis, tudo é justificado e as pontas não ficam soltas no final do livro. Como adoro ficção-científica, estava com receio de que esta parte da estrutura literária pudesse ficar pobre, mas não foi o caso. Adorei a teoria que ela montou para as viagens interdimensionais e acho que ela deu conta do recado.

Em relação à aventura que a tal da contracapa prometeu, ela também é entregue com louvor. As mudanças de dimensão são muito bem escritas e há trechos de ação dignos de filmes do gênero. A perseguição a Paul e a descoberta de outras partes importantes da estória - não contarei para não dar spoilers - realmente prendem o leitor. Há um quê de espionagem que torna tudo mais dinâmico.

E, sobre o romance, normalmente não gosto de ler sobre relações amorosas. Prefiria que o livro focasse mais na ficção-científica e nas questões existenciais das dimensões paralelas. No entanto, o triângulo Theo-Margarite-Paul foi interessante em algumas passagens, sobretudo a relação de Margarite com Paul. Acredito que os leitores de YA vão gostar desta parte - como não sou uma leitora deste gênero, gosto mesmo é do Firebird! rs

O que mais gostei em "Mil Pedaços de Você" foi a reflexão que ele gerou em torno das possibilidades das nossas vidas, se realmente existirem os tais universos paralelos. Adoro um existencialismo, então obviamente comecei a pensar como eu seria nestas outras dimensões, quais elas seriam e, sobretudo, que parte de mim se manteria inalterada em todas elas. Foi por causa desta reflexão, combinada à ficção-científica, que recomendo este livro.

Posts Relacionados

Comente com o Facebook

4 comentários

  1. Adorei essa resenha! Parabéns!! Faz muito tempo que queria ler esse livro e nunca encontrei uma única resenha falando dele, até agora. Gosto muito dessa autora, acho a escrita dela fascinante e estou bem ansiosa para ler logo essa nova série! Obrigada pela dica! Bjss

    Leitora Compulsiva
    http://olhoscastanhostambemtemoseufascinio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu quero muito ler esse livro, a capa por si só já me cativa, a premissa então, nem preciso comentar. Gosto muito de uma ficção cientifica, de aventura, e arrisco em um YA. Não teria como eu não gostar.

    (Desculpa a demora em ler seu livro, tive que ler um livro para um trabalho de literatura o que acabou por me atrasar bastante nas minhas leituras particulares :/ )

    Abraços,

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vini (:
      Acho que você vai gostar muito deste livro, depois coloca aí na sua listinha de pendências, hehehe. E sobre o meu, tudo bem, uma hora vai, não se preocupe!

      Bjsss

      Excluir