O livro ou o filme? | A Bússola de Ouro, de Philip Pullman

Fazia tempo que estava com vontade de ler a trilogia "Fronteiras do Universo", de Philip Pullman . Fiquei com mais vontade ain...


Fazia tempo que estava com vontade de ler a trilogia "Fronteiras do Universo", de Philip Pullman. Fiquei com mais vontade ainda depois que li sobre a biografia do autor e soube que alguns elementos da Lyra Belacqua (protagonista da série) foram inspirados em sua própria vida.
O primeiro livro da série, "A Bússola de Ouro", conta a estória de Lyra Belacqua, uma garota orfã que mora na Universidade de Oxford com seu tio Asriel. O universo do livro se passa num tempo não definido, que às vezes parece futurista, às vezes parece antigo/steampunk. Neste universo, cada pessoa tem um dimon, que é um companheiro animal que representa a alma daquela pessoa. Se o dimon morre, a pessoa portadora dele morre também.
Além disso, também existe o Pó, que são partículas dispersas pelo Universo. O Pó gera várias intrigas e facções, pois alguns acreditam que ele é benéfico e outros acreditam que ele é perigoso. Com isso, surge um Conselho Geral da Oblação, presidido pela Sra. Coulter, que defende que o Pó é maligno e que as crianças precisam ser separadas de seus dimons. Lyra perde dois amiguinhos para este Conselho e resolve ir atrás de resolver isso, numa viagem pelo mundo.
As semelhanças de Lyra com o autor, que mencionei no início, são o fato de ambos terem sido criados na Universidade de Oxford e de ambos terem viajado o mundo quando crianças. 
O livro foi escrito em 1995, mas a adaptação para o cinema chegou somente em 2007. Nicole Kidman interpreta a Sra. Coulter, Daniel Craig interpreta Lord Asriel e Dakota Blue Richards como Lyra. 
A principal diferença entre o livro e o filme, na minha opinião, é que o filme ficou mais focado nas aventuras de Lyra para reencontrar seus amigos perdidos e as crianças sequestradas, com menos foco da estória no universo da saga como um todo (o Pó, os dimons, as dimensões paralelas, etc). 
Além disso ~ cuidado com o spoiler ~ os finais do livro e do filme são totalmente diferentes. Senti que, no filme, eles criaram um novo final, de forma que os outros dois livros da saga não precisassem ser adaptados para o cinema e o primeiro filme pudesse ficar completo. Já no livro, o final fica bastante aberto, pois há a continuação da trilogia, com o segundo volume chamado "A Faca Sutil"
Achei o final do livro muito surpreendente, e terminei de lê-lo com um misto de raiva e excitação. Já o final do filme, achei morno e um pouco óbvio.

O livro ou o filme? O livro.
Para ser honesta, não gostei muito do livro. A escrita do Pullman não me prendeu como eu imaginava e persisti na leitura, na verdade, motivada a descobrir sobre o Pó, a Aurora Boreal e as dimensões paralelas. Infelizmente, o livro terminou antes que tais assuntos fossem mais explorados, e ainda não decidi se lerei o segundo livro da saga.
Em relação ao filme, gostei mais da Lyra do livro. Neste último, ela é uma líder nata, consegue reunir homens, recursos e tempo para sua causa e mobiliza várias ferramentas e canais para este fim. Além disso, as descobertas de Lyra sobre seu pai e sua mãe acontecem no meio da estória (e não quase no final como no filme) e estas descobertas a motivam.
E, no livro, mesmo que as questões sobre o Pó e as universos paralelos tenham ficado em aberto, tais assuntos são explorados e explicados, assim como o dimon. Como o nível de detalhes foi maior, achei que o resultado final ficou melhor do que o filme.
Apesar de frustrada, é uma leitura que recomendo. Mas, se alguém assistir somente ao filme, sem ler o livro, também não considero tão ruim assim.



Posts Relacionados

Comente com o Facebook

6 comentários

  1. Nossa, esse filme me deixou com muita raiva! Eu amo este livro! Sério! Quero inclusive reler! O segundo foi o que eu mais gostei de todos! Acho que você deveria continuar a saga. Eu estava quase desistindo do livro quando vi o filme e resolvi continuar a leitura. Acho que é porque sou fascinada em realidades paralelas que gostei tanto. A faça sutil é mais ação, menos mimimi e é muito interessante. Passa a fazer mais sentido essa história do pó e essa confusão da cronologia do livro...
    http://virtualcheckin.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, Lívia? Puxa vida, assim até fico tentada a dar uma segunda chance então, porque também adoro realidades paralelas!

      Excluir
  2. Estou lendo o terceiro livro agora, como você sabe, e vou te falar uma coisa: eu também não gostei tanto assim do primeiro, porém a história se amplia MUITO logo no começo do segundo e no último então... Tem coisa demais acontecendo aqui hahaha
    Eu estou achando um pouco cansativo, por ter muitas informações e então o autor arrastar um pouco as coisas, mas confesso que o universo todo me atraiu e eu estou muitíssimo curiosa para saber como tudo vai se encaixar e a história terminar. Acho que vale a pena você dar uma chance, até porque achei o segundo livro o melhor até então.
    Nem pelas diferenças entre os dois, eu prefiro o livro, porque o filme me pareceu um pouco solto demais, com um monte de detalhes que não tinham tanto objetivo - afinal eles pegaram só a superfície da trama original. Mas aparentemente a BBC vai lançar uma série, você viu? Eu acho que tem chances de ser muito boa.
    Quero terminar logo de ler e fazer uma mega resenha da trilogia inteira no blog hahaha

    http://sobrelivroseletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que quando escrevi este post pensei em você, sabia? haha Eu imaginei mesmo que você diria para eu continuar lendo, pois eu tinha visto no seu Skoob que você estava no segundo livro da trilogia. E olha, acho que só darei uma segunda chance mesmo à série por causa da sua opinião. Temos os gostos literários parecidos, então confio no que você diz, hehehe.

      Excluir
  3. Eu adorei o tema do post! Muito bacana essa comparação entre livro e filme.

    Eu acho que você deveria dar uma chance pra trilogia sim! Ela é uma das trilogias que eu mais gosto <3
    E o segundo livro é muito bom, foi o que eu mais gostei! Nos outros livros também vai ter uma explicação melhor para esses temas que ficaram em aberto.

    Eu ainda não assisti ao filme e tô meio sem coragem. Também fiquei chateada que não fizeram as adaptações dos outros volumes.

    Enfim, se você continuar lendo, espero que goste!

    Ah, achei seu blog lindo *-*

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que você gostou do tema do post e do meu cantinho, Juliana, fico muito contente! (:
      Acho que darei uma segunda chance à saga sim, porque as pessoas ficaram indignadas que eu ia desistir! hahaha E veja o filme porque vale a pena, apesar de tudo.

      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir