Como escrevo um livro #5: O Título e A Sinopse

Sim, caros leitores, é chegado o momento de divulgar o título e a sinopse do livro. Começando pelo título, rufem os tambores, pois o nom...



Sim, caros leitores, é chegado o momento de divulgar o título e a sinopse do livro. Começando pelo título, rufem os tambores, pois o nome do meu novo livro é...

★ Os Três Encontros 

Os encontros do título são da personagem principal, Virgínia, com as três entidades que mostrei neste post: Universo, Tempo e Destino.

Também quero falar um pouco sobre o processo de fazer a sinopse e, digo-lhes: acho muito mais difícil escrever a sinopse do que o livro em si.

A sinopse é o cartão de visitas de qualquer livro e, nela, o autor precisa consolidar todas as informações revelantes do enredo, sem divulgar spoilers e de forma que consiga prender a atenção dos seus potenciais leitores e editores. Logo, este trabalho de síntese não é simples, uma vez que é preciso refletir muito bem o que deve e o que não deve constar em tão curto espaço. Além disso, há dois tipos de sinopses, com objetivos um pouco distintos: há as sinopses para os leitores e há a sinopse para os editores. Na primeira, o autor precisa conquistar a curiosidade do leitor, entregando as informações revelantes sem contar muito sobre a estória; na segunda, o autor precisa contar o final para o editor, para que ele avalie se vale a pena ou não proceder com a leitura do livro e posterior análise de publicação.

Ou seja: não bastasse a dificuldade de escrever uma sinopse, precisei escrever duas. Claro, a sinopse dos editores não divulgarei a vocês, porque não quero contar o final do livro, não é mesmo? Assim, a sinopse do livro para vocês, leitores, é:

"Virgínia fazia sempre as mesmas perguntas para o Universo. Ela mal se lembrava de quem era, de onde vinha ou porque morava com uma jovem menina chamada Sofia. E, de qualquer forma, o Universo - com seu chapéu e sobretudo da cor do céu - nunca se dava ao trabalho de respondê-la. 

Ela se encontrava com o Universo, assim como também se encontrou com o Tempo e com o Destino em situações, no mínimo, enigmáticas. Foram três encontros que mudaram a vida de Virgínia irremediavelmente. Aliás, mudaram também a vida da jovem menina chamada Sofia, que, ao contrário de Virgínia, nunca se esquecia das conversas que tinha.

Virgínia precisa montar um grande quebra-cabeça, recolhendo informações incompletas em cada encontro, decifrando os mistérios do Universo, lidando com a teimosia do Tempo e buscando no Destino as respostas que nunca chegam. Ah, mas quando elas, as respostas, chegam, nada será como era antes."


E quero feedback: vocês leriam um livro com esta sinopse? Despertou o interesse de vocês? Aceito comentários, sugestões e opiniões!

Fiquem atentos: a série de posts Como escrevo um livro continua.

Posts Relacionados

Comente com o Facebook

0 comentários