Dias de Fragilidade

46/52 - Inure, by Diogo Costta (Sim, sou eu na foto) Estou quebradiça hoje, como se fosse feita de gelo fino. Então, por favor, t...

46/52 - Inure, by Diogo Costta
(Sim, sou eu na foto)


Estou quebradiça hoje, como se fosse feita de gelo fino. Então, por favor, tome cuidado comigo, tome conta de mim. Posso me partir em duas e me dissolver no ar, como se fosse constituída de matéria etérea, nada além de um gás passageiro. Posso me desmanchar em chuva fina.

Dependendo de como me olham na rua, em dias como hoje, sinto vontade de chorar. O mundo ao meu redor, com suas pessoas e barulhos, fazem eu me sentir ainda menor e mais assustada. Conto os minutos que faltam para eu voltar para casa - e precisa ser rápido, muito rápido, senão desabo no meio da rua.

Estou frágil hoje, com medo de tudo. Com medo de mim, com medo do mundo. O coração está delicado, recuado a um canto, refugiado em seu metro quadrado de pura melancolia. Sinto-me fina, quase transparente, andando por aí como uma folha de papel solta ao vento. Olho as minhas mãos e não as reconheço: parecem dedos finos e longilíneos de outra pessoa, não meus.

Ocupo minha cabeça buscando conforto no cenário ao meu redor. Busco o que faço sempre, os lugares de todo dia, me apóio na rotina porque ela é minha muleta. Sem a repetição, eu desmorono: é ela que me dá a sustentação para eu não sair voando.

Hoje o choro está fácil, bem abaixo do olho, esperando uma oportunidade para sair. Hoje, o melhor que posso fazer é buscar refúgio dentro de mim. Quero silêncio, solidão e uma boa noite de sono. Como se não houvesse o dia seguinte e hoje se esgotasse aqui mesmo.

Posts Relacionados

Comente com o Facebook

3 comentários

  1. Ai, Ruh <333

    Um dos textos mais singelos e lindos que já li sobre esse tema! Você tem uma delicadeza poética tão linda de escrever! <3 Simplesmente amei!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente maravilhoso! Eu sou apaixonado por esses textos tão simples que de tão simples se tornam essa complexidade poética tão linda... Parabéns, de verdade!

    charlesletrando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Perfeito demais, amei cada palavra, cada cantinho e expressões.
    Incrível, você escreve muito!
    Amei.
    http://escrituras-da-alma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir